2009-02-27

O resgate do senhor castanho


Cientistas descobriram que é aconselhável ir à casa de banho antes de entrar num avião da Ryan Air. Ok, não foram cientistas, foram os primeiros desgraçados a sentir o apelo da natureza em pleno ar, uma vez que a fechadura agora só abre se lá for introduzida uma moeda de uma libra.

O director da Ryan Air afirma descontraidamente que "não vai haver problemas, porque todos os clientes da Ryan Air têm habitualmente uma libra no bolso."

Além de irmos apertados nos bancos, agora vamos apertados nos intestinos.

Exmo. Senhor Director da Ryan Air:
- Você pensa que eu ando aqui a cagar libras de ouro?

.

Não acabar as


Não faço a mínima ideia do porquê de ter colocado esta.
Talvez seja porque... Mas o que verdadeiramente importa é que.
Além disso, este será o dia em que muito provavelmente haverá. E por isso, é importante que se.
Caso contrário, não.
Assim não se pode continuar até porque a filha da padeira foi.

.

Slumdog slumdog

2009-02-26

Vamos brincar aos tradutores?


Siiiiiiiim!

Para jogar a este jogo, se fores menor, tens que te certificar de que estás na companhia de um adulto, ou então de um amigo mais parvo do que tu, e uma grade de cerveja do LIDL.
Se reúnes estas condições, podes clicar na casa PARTIDA

Certifica-te de que estás a traduzir de Português para Espanhol! Sim? Boa!

Agora faz copy-paste destas frases, mas com uma tesoura de pontas rombas*!:
*se não tiveres, romba uma.

Eu sou de Portugal.

Eu sou do país do Cristiano Reinaldo.

A cavalo dado não se olha o dente.

Eu meto ervilhas verdinhas no pacote.

Vou-me chibar do bibi e do gajo do um dois três.

Diz que a filha da padeira anda metida com o zé das couves, ou o que é.

Epá escuta lá uma cena, vamos lá todos e sacamos a guita da velha, deixa-te de merdas.

Se o meu sun-in-law é um smuggler, vou ter a casa cheia de narcotics!


Ganhas o jogo, se conseguires chegar a traduções piores do que estas.

Ou se beberes a grade de cerveja em menos de 10 minutos.

.

2009-02-25

Subtítulos do Herói

Uma grande mais-valia (mais-valia estarem quietos) de "Hero" é a legendagem em português. Isto porque apenas foi feita uma verdadeira tradução do guião para inglês. Tudo o resto, alguém enfiou dentro de um tradutor automático e clicou "Dansk", "Portugues" "Spanish", etc...
E em boa hora o fez, porque resultou em mais de 3 horas de legendas (subtítulos) deste calibre:

"Desgasta-o correctamente! Desgasta-o correctamente, já disse!" [enquanto um gajo dizia a uma mulher para se tapar com o véu]

"Joga a tua flauta para mim. Sim, jogarei minha flauta. Jogarei tunes que meu pai ensinar"

"Jaikishan vai participar numa raça de motorcycles! Numa raça de motorcycles? Sim, na grande raça de motorcycles da Escort's!"


"...Meu coração-throb...!"


"Tenha algum shame!"

"A sua mãe expirou, assim como expirou seu pai."

"Você é inoperante, tanto quanto nós somos concernidos."

"Quem mandou esta fita-adesiva? Mete a fita adesiva no rádio. Muda a fita adesiva para o lado B. Guarda a fita adesiva atrás da porta grande."

"...Se o meu sun-in-law é um smuggler, vou ter a casa cheia de narcotics."

À falta das preciosas subtítulos deixar-vos-ei com agradável tubo tu que deverás olhar a partir do minuete 6.49, quando começa a raça de motorcycles mais fabulosa de sempre:



Atenção ao capacete cor-de-rosinha e respectiva viseira, aos saltos desajeitados e aos planos abusivos, a fazer pendant com a também abusiva publicidade à Yamaha Rajdoot 350 e às suspensões Escorts. Atentem também na panóplia de filtros usados para filmar, quando Jaikishan (parente afastado do Jackie) olha com ar de "já tou-ta ver desfocado!!!"

A propósito, depois experimentem a traduzir a frase "sou de Portugal" no tradutor do Google, seleccionando a tradução de Português para Espanhol.

.

Fuck the Oscar's, I've Got Bollywood, Baby

Há quem defenda que frequentar a(s) ginjinha(s) do Rossio não acrescenta nada à cultura de uma pessoa.

Falácias.
Calúnias.

Poucas fitas terão aparecido na vida de alguém assim. Um grupo de ginjófilos aproxima-se de uma montra de um minimercado indiano e há qualquer coisa de transcendente que pede para serem adquiridos todos os DVD's de Bollywood presentes. Na impossibilidade de tal alarvidade, foi escolhido um com o consenso geral e com o aval dos 5 indianos presentes no espaço comercial, que ficaram como que comovidos e com fé na juventude de hoje. Testaram o filme em busca de legendas em português... Elas existiam. Mítico. É esse mesmo que queremos.
"Hero" é o seu nome.

Como não tenho a Arte nem o Engenho para igualar tal obra, deixo-vos com as imagens e prometo-vos que vou colocando aqui mais excertos:



(sim, porque isto não é um trailer, é um dos momentos musicais do filme, que não acontece isolado da acção, já que se repararem, os maus estão a chegar...)

.

2009-02-23

Disfarce de Carnaval


Não dormi nada bem esta noite, ando a pintar à pistola como um profissional da Barbot e dói-me tanto o corpo, que até me dói quando me queixo das dores.

E porque é que eu estou no trabalho?
- Nenhum chefe do Mundo iria acreditar que alguém adoeceu no dia de hoje.

.

2009-02-17

Já pinta...


O miúdo ali em cima é Alfie Patten, e não teve um irmãozinho. Ele é o puto que aos 12 anos teve mais sorte do que todos os outros e conseguiu mesmo mandar uma queca. E tal foi a certeza com que saltou em cima de Chantelle, de 15 anos, que esta engravidou imediatamente.

É-me difícil olhar para o miúdo (que aparenta ter menos de 10 anos) e pensar: "este puto é pai, caraças..." mas depois a parvoíce toma conta de mim e começo a imaginar o filho, daqui a uns anos: "Como é pai, vamos à Disney?" e o pai "Meu, bora lá!" e o filho "Então e como entramos sem um adulto?" ao que o pai responde "Deixamos as nossas bicicletas cá fora e damos a mão a um adulto qualquer!" ... "Boa!".

Mas fico mais descansadinho quando noto que os avós paternos são jovens, trabalhadores e honestos. Como se vê pelas declarações do avô Dennis Patten: “Vou levar o Alfie comigo para Londres. Eu quero vender a história, porque eu tenho ouvido pessoas dizer que podemos ganhar dinheiro com a história do Alfie”

É impressão minha ou esta família é um bocado imatura?

.

Ainda sei este de cor

2009-02-16

The Lord of The Laço






Ora muito bom dia, hoje as temperaturas vão descer devido à influência de uma corrente de frio nórdico e à fraca resposta do anticiclone dos Açores, pelo que vamos assistir uma mudança de tempo generalizada.


No Porto, a bela cidade de Ramalho Ortigão e de Eugénio de Andrade, a máxima é de 14 graus e a mínima de 2, com alguns aguaceiros no período da tarde.
Na magniífica cidade de Lúcio Craveiro da Silva, 12 graus de máxima e 1 de mínima; mais abaixo, na lindíssima terra de Sá de Miranda, a mesma situação em relação aos aguaceiros e 5 graus celsius de mínima, 16 de máxima.
Lisboa, a cidade de Castilho, terá fortes aguaceiros com algumas abertas, máxima de 18 e mínima de 7 graus.
Em Santarém, a bonita cidade de Braamcamp Freire, terá 17 de máxima e 5 de mínima, e na excelsa cidade de Garcia de Resende a temperatura máxima rondará os 16 graus e a mínima, os 6. Por fim, na cidade berço de António Ramos Rosa, fará sol e as temperaturas oscilarão entre os 8 e os 19 graus.


- Isto fui eu que inventei, pelo que é provável que muita coisa esteja errada.

Mas o Senhor do Laço também inventa muito e toda a gente o respeita mesmo assim.
Talvez seja do laço, talvez seja do seu profundo conhecimento sobre as cidades onde nasceram todos escritores portugueses (mas apenas até ao Realismo), não sei, mas o homem diz-me que vai chover e eu levo o guarda-chuva. Quantas e quantas vezes em vão...
Vou com um peso desnecessário, é verdade, mas contentinho por ficar a saber que Braancamp nasceu em Santarém e que Ramos Rosa ia apanhar conquilha à Ilha do Farol.


Interpretação artística do Senhor do Laço por parte de
Antoine de Saint-Exupéry

Mas quem será este senhor? O que o moverá? Porque é que usa um laço? Será que sempre quis ser poeta, e daí o laço à Pessoa, mas foi cedo lançado à meteorologia por pais alucinados que na arte da adivinhação acharam encontrar um futuro melhor para o seu filho? Provavelmente nunca saberemos, o que sabemos é que em certos dias - dias esses que acabam por se tornar mágicos - encontramos nas notícias da manhã alguém que nos dá a previsão do tempo com um toque de loucura que podemos apenas aspirar vir a ter.

Enquanto tentava, em vão, encontrar uma imagem do Senhor do Laço, descobri esta coisa aqui,que é uma maravilhosa terra de fantasia onde o espaço e o tempo não fazem sentido e todas as horas são horas de falar de meteorologia, onde se pode ver as temperaturas máxima e mínima na casa do senhor que fez o segundo comentário, e a diferenciação social se faz com nomes de nuvens...

"Epá, o gajo vira-se para mim e diz que para a semana a mínima vai descer... pfff... o gajo não passa de um simples cirrus... E eu não admito isso nem sequer a um cumulus ou a um nimbostratus. Tem que comer muita couve com feijão para chegar a cumulonimbus, ai tem, tem... Já não há respeito às nuvens altas."

É realmente um sítio da Internet fantástico onde podemos aprender um pouco de tudo, desde que tudo seja apenas sobre meteorologia. Fiquei a saber que o ecrã onde é apresentado o tempo tem 130 polegadas e não 100, o que faz dele o maior da Europa. É o DISPLAX, que pelos vistos, para além de ter nome de laxante, tem também polegadas suficientes para provocar orgasmos múltiplos a cerca de 8 a 10 meteorologistas (ou meteomaníacos, como se intitulam) em simultâneo.
A sério, ouvi na Hora do Sexo, da Antena 3 e para mim o que o Quintino Aires diz, é a Verdade. Menos quando ele fala em mamas, porque o homem claramente não aprecia mamas e pronuncia "mamas" como quem se refere a uma hérnia discal. "Ai as mamas isto e as mamas aquilo... E a pessoa deve tocar nas mamas das gajas, porque mamas é bom e mamas sabe bem..."

Bem, mas voltando à metereologia, a previsão para Portugal, hoje será:

Saramago pouco existencialista, temporariamente encoberto por Margarida Rebelo Pinto. Temática em geral fraca, do quadrante leste, tornando-se gradualmente moderada a forte. Períodos de Eça de Queirós forte, com ocorrência de algum Torga nas terras altas.
Acentuado António Lobo Antunes nocturno com formação de sonolência, em especial nas zonas de maior descrição.
Ocorrência de artigos de opinião matinal.


Post a 4 mãos:

A (que atende neste tasco),
e Grilus Falantis.


.

Fernando Pessoa no Second Life

Quando já era certo que o pior que podia acontecer a Fernando Pessoa era ser lido (em voz alta) por alunos do secundário que acham que sabem ler porque andam no Grupo de Teatro, e que depois dão aqueles arrepios de vergonha alheia a quem está a ouvir (vocês sabem bem do que estou a falar), eis que Fernando Pessoa aparece no Second Life. E o pior é que não é aquele filme cheio de putedo senhor alfredo que estreou no cinema, o que era menos mal, porque se podia inventar uma cena qualquer com uma orgia entre a Cláudia Vieira, a Sandra Cóias, a Ana Padrão e os cerca de 72 heterónimos de Pessoa mais o ortónimo e tudo à mistura. E tenho a certeza de que Fernando Pessoa não daria tantas voltas na campa como está a dar agora. Porque é mesmo o Second Life dos geeks:



E a C.M. de Cascais patrocinou a Biblioteca de S. Domingos de Rana para levar a cabo este atentado, realizado por Hugo Almeida, que segundo isto, é um dos melhores geeks do Mundo...

E ainda por cima a ideia foi de um bibliotecário... Sinto-me envergonhado.

.

Latina América



Basicamente a pergunta era: "Querem viver numa ditadura?"
E os venezuelanos disseram em coro: "Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!"

Em coro não, porque segundo li, Chávez ganhou por 55% contra 45% o que significa na verdade que o resultado deve ter sido outra vez o "Não" mas desta vez estava tudo melhor controlado. Isto quer dizer que vamos ouvir falar de Hugo Chávez durante mais uns 40 anos, uma vez que passa a ser possível a "candidatura" ilimitada ao cargo de chefe de Estado venezuelano.

Só de pensar que os venezuelanos têm milhares de Magalhães e um político fundamentalista no poder, temo pelo fim do Mundo.

Valha-nos Obama.

(Soube hoje que milhares de crianças têm escrito ao presidente dos EUA para verem os seus sonhos concretizados. Entre eles, destacam-se o fim da guerra em todo o Mundo, férias escolares mais alargadas e uma chuva de caramelos. E isto é verdade.)

2009-02-13

Quem adivinha? (Nível 9 e dois terços)



Adeus, Sónia Araújo


Hoje foi o último dia em que Sónia Araújo apresentou o programa Praça da Alegria.

E respondendo à pergunta que não vos sai da cabeça que é mais ou menos esta "mas por que raio é que este gajo agora escreve um post a despedir-se da Sónia Araújo?"

"Será uma desculpa para meter aqui uma foto dela?"
- E respondo eu: Também, mas não é isso. E ia apanhando um vírus por causa da brincadeira.

"Então porquê, Tiago, porquê? Diz-me porquê e tira-me deste suplício, por amor de Toy."
- Tá bem. É porque ela vai parir gémeos.

Há uma rubrica da Praça da Alegria - que eu vi, porque tenho o azar de ir almoçar a casa quase todos os dias - em que as pessoas dão sugestões para os nomes que Sónia deverá dar aos petizes. Posso adiantar-vos que em primeiro lugar ficaram Joõo e Piêdro. A entrebista foi feita no Puorto.

No fundo no fundo, isto é tudo uma série de parvoíces para introduzir a grandiosa prestação de Dona Ermelinda, que passo a citar:

Repórter: Bom dia, já sabe que a Sónia Araújo vai ter gémeos?
Dona Ermelinda: Sei sim senhor.
Repórter: E tem alguma sugestão de nomes para os meninos?
Dona Ermelinda: Tenho sim. Tiago e Filipe.
Repórter: E pode dizer-nos porquê?
Dona Ermelinda: Atão, porque são potiêntes...!

Dona Ermelinda,

Aquele abraço.

.

2009-02-12

Quem adivinha? (Nível 9)



Quem adivinha? (Nível 8)


Quem adivinha? (Nível 7)


Quem adivinha? (Nível 6)


Quem adivinha? (Nível 5)





Quem adivinha? (Nível 4)


Quem adivinha? (Nível 3)





Esta, por ser tão fácil, inclui dizer a nacionalidade da gaja. Só para elevar a dificuldade...

.

Quem adivinha? (Nível 2)




Quem adivinha? (Nível 1)



2009-02-11

São Valentim


Não era esta a imagem que queria colocar. O raio do homem aparece em todo o lado, porra...

Era esta:


Epa... Pensando bem, se calhar prefiro a imagem lá de cima. Desde que não seja em roupão, à porta da vivenda de Gondomar, por mim, acho menos mal.

Muito provavelmente muitos dos que lêm este blog vão comprar ou já compraram prendinha para oferecer no dia dos namorados. Ou vão jantar nesse dia. Ou ambas as coisas (ambas as duas).
Eu não sou um gajo anti-dia dos namorados, sou um gajo que simplesmente não papa grupos. Não papo, porque nunca fui muito de órgias. Mas se papasse grupos, havia de escolher bem os grupos para papar, não era assim um grupo qualquer de mastronças com doenças.

Bem, já me estou a afastar do assunto. Que era o quê? Ah, o Dia de São Valentim. O Dia dos Namorados. O Dia do Ai-Môr-Quero-Tanto-Aquele-Telemóvel-É-Tão-Lindo-Môr.

Vamos a factos? Bora lá.

O verdadeiro santo padroeiro dos enamorados é Santo António, o mesmo dos casamentos e isso. A chatice é que o Santo António é celebrado a 12 de Junho. Porque é que é uma chatice? A mim não me chateia nada, até porque trabalho em Lisboa e é feriado.
Mas chateou os senhores que precisavam de escoar o stock ou simplesmente de fazer dinheiro entre o fim dos saldos e o início da nova época.

O Dia de São Valentim coincide - curiosamente - com uma altura do ano potencialmente estagnatária a nível comercial, exactamente a meio do mês de Fevereiro. São Valentim é apenas o chamado "bode expiatório". Perguntem aos vossos avós o que é que eles celebravam a dia 14 de Fevereiro... A não ser que fizessem aniversário de alguma coisa, a resposta é NADA.

Era preciso arranjar um santo que fosse ao mesmo tempo um gajo bacano e protegesse casalinhos. O único com uma história minimamente coincidente era o Valentim. Não o Loureiro (que esse só se protege a si próprio e aos vocalistas dos BAN), mas este.

Pois é, lamento informar, mas é verdade. De qualquer maneira, fica aqui uma dica: levem a namorada a jantar no dia 13 e fiquem até à meia noite. Arranjam lugar na boa e não levam com os quéfrô a noite toda. E depois podem ir celebrar o dia dos namorados para casa.

Quem é amigo, quem é?

SUGESTÃO: Voltem acima e tentem olhar para a foto do Valentim Loureiro olhos nos olhos, mas sem rir.

É quase humanamente impossível.

.

Não há chocolatinho, não há farófiazinhas...

E lá perdi a aposta...

Como não consegui encontrar isto

Tive que mandar vir isto
...Do País Basco. Porque não há em nenhuma loja que vende Skunk Funk em Portugal.

- A parte fixe de cumprir a aposta e de ser um gajo extremamente atraente e sensual é que ela me prometeu as farófias na mesma. És a maior.

.

2009-02-10

Ditados Populares


Não há nada mais agridoce do que um ditado popular. É aquela tosta mista de encanto da sabedoria popular com estupidez do senso comum derretida, tomate e mangericão, para dar aquele aroma a campo.
Olho para os ditados populares qual Marco Paulo perante uma loira e uma morena... Se por um lado admiro a sabedoria popular (confio mais na previsão metereológica de qualquer velhote da minha terra do que na do senhor do laçarote que sabe todas as cidades onde nasceram todos os escritores portugueses, mas só até ao Realismo), por outro venero o senso comum como a uma religião. Se houvesse uma igreja do senso comum, eu seria acólito. Ou alcoólico. Ou as duas e em simultâneo. Vistas bem as coisas até existe essa igreja e eu frequento-a amiúde: chama-se "tasco".

Uma das coisas que me dá mais prazer é subverter provérbios junto de quem os usa regularmente como argumento ou constatação, e esperar reacções:

Água dura em pedra mole
Tanto fura até que bate

Candeia que alumia
Vai à frente duas vezes

Em terra de olho
Quem tem cego é rei

Mais vale dois pássaros
Do que uma mão a voar

Nunca deixam passar um provérbio mal dito, isso é ponto assente e deve ser um dos pecados capitais, ou vá, pelo menos pecados freguesias. Ou pecados casas-do-povo.
Tal é o hábito de ouvir uma frase a rimar e acenar que sim com a cabeça em jeito reverencial (vulgo slow motion)ou soltar logo um "essa é que é essa", que termina logo ali a conversa.
Obviamente esta pode sempre ir para outros lados, se se soltar um "É verdade, tu já sabias que a filha da padeira..."

.